NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
Outubro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Calendário Calendário

Quem está conectado
22 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 22 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4316 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Regina Celia Augusto

Os nossos membros postaram um total de 30238 mensagens em 13158 assuntos

Mundo em fúria

Ir em baixo

Mundo em fúria

Mensagem por ┼EKhristos em 27th Maio 2015, 5:59 pm





“Desejando soltar a Jesus, Pilatos dirigiu-se a eles novamente. Mas eles continuaram gritando: "Crucifica-o! Crucifica-o! " Pela terceira vez ele lhes falou: "Por quê? Que crime este homem cometeu? Não encontrei nele nada digno de morte. Vou mandar castigá-lo e depois o soltarei". Eles, porém, pediam insistentemente, com fortes gritos, que ele fosse crucificado; e a gritaria prevaleceu. Então Pilatos decidiu fazer a vontade deles. “ Lucas 23:20-25

Não creio que Pilatos moveu-se de misericórdia, sua clemência deixou a atitude do povo ainda mais deprimente. Ainda que fosse o destino, ninguém ali sequer imaginava, qual era o propósito daquele homem.

Veio para enfrentar a fúria do mundo:

Crucifica-o! Crucifica-o! “

A frase dita por três vezes:

Por quê? Que crime este homem cometeu?

A intensidade da fúria:

Não encontrei nele nada digno de morte. Vou mandar castigá-lo e depois o soltarei"

A insistência e deprimente fúria.

A gritaria prevaleceu, a ira ignorante:

Então Pilatos decidiu fazer a vontade deles

Agiram por ignorância (Atos 3:17), para cumprir o que Deus havia predito, “que o seu Cristo haveria de sofrer” (Atos 3:18). Uma vez que isso aconteceu, ordenou o Senhor que todos se arrependessem e voltassem para Deus, para cancelamento dos pecados (Atos 3:19), para descanso da alma, até que o Cristo volte.

“ É necessário que ele permaneça no céu até que chegue o tempo em que Deus restaurará todas as coisas, como falou há muito tempo, por meio dos seus santos profetas.” (Atos 3:21)

Suportou a fúria do mundo, para acalmar a ira do Pai, sua paciência venceu.

Eu venci o mundo” (João 16:33)

A hegemonia do pecado desapareceu diante da vitória, “onde aumentou o pecado, transbordou a graça” (Romanos 5:20). Deus somos imensamente agradecidos, por estarmos em tua memória. Perante a tua majestade, teus súditos se ajoelham, diante do Rei Imortal que habita em luz inacessível (1 Timóteo 6:16), concedendo honra a entrega do seu primogênito por todos nós (Romanos 8:32).

Mesmo com toda a fúria do mundo, contra o teu primogênito, o Senhor amou o mundo de tal maneira, que ao teu mandar num instante houve paz. Essa paz acalmou o mundo, se existe aqueles que produzem as guerras, são os que jamais conheceram o teu amor, mais uma vez exaltamos o poder que fez de nós + do que vencedores.

Pilatos não entendia o que estava acontecendo, o mundo em fúria pedia a crucificação, com água lavou sua mãos diante da multidão, dando a entender que esta livre do sangue inocente, colocando sobre o povo a responsabilidade da morte.

Todo o povo respondeu: Que o sangue dele caia sobre nós e sobre nossos filhos! "(Mateus 27:25)

A boa confissão do Filho de Deus diante de Pilatos (1 Timóteo 6:13), inspirou seus apóstolos a combater o bom combate. Até a esperada manifestação, a igreja deve permanecer na sua integridade, perserverando nos mandamentos, sabendo que ele não será crucificado segunda vez.

Acalmou o mundo de uma vez por todas, triunfando sobre o diabo. 

“O Senhor conduza os seus corações ao amor de Deus e à perseverança de Cristo.” (2 Tessalonicenses 3:5)

Quando sentimos os efeitos da guerra, a firmeza da paz duradoura se apresenta, nada somos sem o Senhor, sem o sangue do Filho, o amor que é sobretudo, estabelece nossa proximidade com o céu. Nas turbulências diárias da vida, ele é a paz que o mundo não enxerga, também não resiste ao seu efeito. A paz que percorre o nosso interior, que acalma as batidas do coração, que da visão ao que não conseguimos enxergar. O mundo em fúria que desejava ver o derramamento de sangue, jamais provou da paz que veio do céu, os seus corações foram tomados pelo príncipe das potestades do ar, que opera nos filhos da desobediência (Efésios 2:2).

O Senhor deixou que fosse assim, para que a paz pudesse reinar. O seu muito amor com que nos amou (Efésios 2:4), mais o sangue que os desejosos ignorantes, pediram que caíssem sobre eles, foi o mesmo pelo qual fomos redimidos (Efésios 1:7).

Foi pelo sangue que fomos resgatados da fúria do mundo.

Louvado seja o Senhor.

_________________
postado por ┼EKhristos Visitem:http://ccbnovascriaturas.forumotion.com/


┼EKhristos

Mensagens : 787
Pontos : 1967
Data de inscrição : 31/07/2010
Idade : 43
Localização : Maringá

http://ccbnovascriaturas.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum