NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Maio 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

Quem está conectado
35 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 35 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4309 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de RUBENS GOMES DA SILVA

Os nossos membros postaram um total de 30176 mensagens em 13098 assuntos

CCB - CABEÇA COBERTA É DOUTRINA THIAGO PARTE 7

Ir em baixo

CCB - CABEÇA COBERTA É DOUTRINA THIAGO PARTE 7

Mensagem por Jahyr em 14th Fevereiro 2018, 12:00 pm



Ir. Marcelo Vitor você escreveu: "o mandamento do véu. É mandamento e devemos praticar"
MEUS COMENTÁRIOS:: Mas o texto de Paulo não fala em mandamento... fala ""preceito"".
*"E louvo-vos, irmãos, porque em tudo vos lembrais de mim, e retendes *os preceitos* como vo-los entreguei."* (1 Coríntios 11:2)
Bem, vamos conversar *"miúdo"* para compreender o que é realmente importante.
Escrevo e faço vídeos para a irmandade da Congregação Cristã.
E eles mesmos admitem que preceitos podem e devem ser mudados.
Leia neste endereço na internet ccbsemcensuras.forumeiros
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.
RESUMO DA CONVENÇÃO DE 1936 (ou peça o livreto na portaria). Lá está muito bem escrito, logo no prefácio: 
"Naturalmente existem ensinamentos que não se acomodam mais com a época atual, pois o Senhor determinou fossem feitos para aquela ocasião e assim foram agora suprimidos, e também ampliados alguns que a prática demonstrou essa necessidade." 
Naturalmente existem ensinamentos que não se acomodam mais com a época atual, pois o Senhor determinou que fossem feitos para aquela ocasião e assim foram agora suprimidos, e também ampliados alguns que a prática demonstrou essa necessidade.
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.
Ir. Marcelo Vitor você escreveu:  Em primeiro lugar, a Bíblia não faz essa separação que você fez, chamando parte de "doutrinas bíblicas fundamentais" e a outra parte de "doutrinas bíblicas não fundamentais" (preceitos, mandamentos, tradições, instruções, orientações, usos e costumes). Essa separação é uma inferência pessoal
MEUS COMENTÁRIOS: Entendo como doutrinas fundamentais as que tratam da personalidade de Deus, da divindade e personalidade de Cristo, divindade e personalidade do Espírito Santo, da salvação pela graça, da Bíblia como a Palavra infalível de Deus e inspirada pelo Espírito Santo, a suficiência do sacrifício de Cristo para a nossa salvação e outras mais.
Estas não podem ser mudadas.
Muito embora a palavra doutrina signifique ensino e preceito. E possa ter estas conotações de mandamento, orientações, instruções.
Entendo que devemos fazer uma diferença nisto sobretudo não fazer de "usos e costumes" doutrinas fundamentais (as que não podem ser mudada) 
Ir. Marcelo Vitor você escreveu:   "aquilo que bem entende, deixando de cumprir os  MANDAMENTOS revelados pelo Espírito Santo (como o uso do véu)"
MEUS COMENTÁRIOS: bem, você acredita assim? É verdade? Então vejamos:
Você é casado? Tem filhas?
Está escolhendo marido para elas ou ensinando-as a permanecerem solteiras?
Porque Paulo, inspirado pelo Espírito Santo e como quer você... mandamentos do Senhor para toda a igreja...escreveu:
*"Mas, se alguém julga que trata indignamente a sua virgem, se tiver passado a flor da idade, e se for necessário, que faça o tal o que quiser; não peca; casem-se.
Todavia o que está firme em seu coração, não tendo necessidade, mas com poder sobre a sua própria vontade, se resolveu no seu coração guardar a sua virgem, faz bem."* (1 Coríntios 7:36,37)
Veja que a decisão de quem deveria a jovem deveria casar e quem deveria ser o seu esposo era uma decisão do pai, do chefe da família.
Pergunto: você está fazendo isso? É você quem decide isso na sua família?
E vamos ver o *"lava pés"* e aqui não é a "formiguinha" chamada Paulo quem não somente *"ordenou"*, mas disso deu exemplo. 
Foi o Senhor Jesus quem *"ordenou"* e deu exemplo:
*"E, acabada a ceia"* [...] *"Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se.
Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido."* 
[...] *"Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. "* (João 13:2a, 4, 15)
Pois é Ir. Marcelo Silva, pergunto: você está fazendo isso? Está na obediência?
Mais ainda: o Senhor Jesus ordenou praticar o dízimo: *"deveis fazer estas coisas, sem omitir aquelas"* (Mt. 23:23). 
Presta atenção: O que o Senhor mandou ""não omitir"" (deixar de fazer, praticar)? O dízimo! E você pratica o dízimo? Ou você se manifesta sempre contra o dízimo?
Vamos ver como os anciãos e cooperadores da Congregação e os demais pastores e bispos de outras denominações  andam viajando para levar a sua pregação:
O ensino do Senhor foi: *"Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos, Nem alforges para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordões; porque digno é o operário do seu alimento. E, em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela seja digno, e hospedai-vos aí, até que vos retireis."* (Mateus 10:9-11)
Você Ir. Marcelo Vitor, se fosse um ancião, bispo, pastor, presbítero ou um evangelista... como estaria procedendo?
Veja que Aquele que deu estas instruções não é a "formiguinha" chamada Paulo de Tarso.
Em suma:
As doutrinas bíblicas são expressas em várias partes e porções do Novo Testamento. Por exemplo: a doutrina da Trindade. Se o fundamento dela fosse apenas o que está expresso em Mateus 28:19, com certeza entre as igrejas sérias ela não existiria. Ela existe porque é expressa nas Escrituras em centenas de versos.
Não é o caso da ""doutrina do véu"" e do ""chapéu"" pois encontramos estas instruções em apenas 2 versos em toda a Bíblia.
Não devemos fazer doutrinas de versos contraditórios. A instrução que lemos em 1 Co 11:6 é contraditado no verso 15 que diz: *" [...] o cabelo foi dado em lugar do véu"*. Isso divide o corpo de Cristo.
A recomendação de Paulo é para não discutir e nem impor este assunto: *"Mas, se alguém quiser ser contencioso, nós não temos tal costume, nem as igrejas de Deus."* (1 Coríntios 11:16). Paulo considerou isso um assunto "irrelevante".
Mesmo porque há razões históricas para que as mulheres cobrissem a cabeça com véu na igreja de Corintho.
Por causa das prostitutas cultuais que rapavam a cabeça e estavam se convertendo e frequentando as reuniões.
Ir. Marcelo Vitor você escreveu: "o mandamento do véu. É mandamento e devemos praticar"
MEUS COMENTÁRIOS:: Mas o texto de Paulo não fala em mandamento... fala ""preceito"".
*"E louvo-vos, irmãos, porque em tudo vos lembrais de mim, e retendes *os preceitos* como vo-los entreguei."* (1 Coríntios 11:2)
Bem, vamos conversar *"miúdo"* para compreender o que é realmente importante.
Escrevo e faço vídeos para a irmandade da Congregação Cristã.
E eles mesmos admitem que preceitos podem e devem ser mudados.
Leia neste endereço na internet ccbsemcensuras.forumeiros
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.
RESUMO DA CONVENÇÃO DE 1936 (ou peça o livreto na portaria). Lá está muito bem escrito, logo no prefácio: 
"Naturalmente existem ensinamentos que não se acomodam mais com a época atual, pois o Senhor determinou fossem feitos para aquela ocasião e assim foram agora suprimidos, e também ampliados alguns que a prática demonstrou essa necessidade." 
Naturalmente existem ensinamentos que não se acomodam mais com a época atual, pois o Senhor determinou que fossem feitos para aquela ocasião e assim foram agora suprimidos, e também ampliados alguns que a prática demonstrou essa necessidade.
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.
Ir. Marcelo Vitor você escreveu:  Em primeiro lugar, a Bíblia não faz essa separação que você fez, chamando parte de "doutrinas bíblicas fundamentais" e a outra parte de "doutrinas bíblicas não fundamentais" (preceitos, mandamentos, tradições, instruções, orientações, usos e costumes). Essa separação é uma inferência pessoal
MEUS COMENTÁRIOS: Entendo como doutrinas fundamentais as que tratam da personalidade de Deus, da divindade e personalidade de Cristo, divindade e personalidade do Espírito Santo, da salvação pela graça, da Bíblia como a Palavra infalível de Deus e inspirada pelo Espírito Santo, a suficiência do sacrifício de Cristo para a nossa salvação e outras mais.
Estas não podem ser mudadas.
Muito embora a palavra doutrina signifique ensino e preceito. E possa ter estas conotações de mandamento, orientações, instruções.
Entendo que devemos fazer uma diferença nisto sobretudo não fazer de "usos e costumes" doutrinas fundamentais (as que não podem ser mudada) 
Ir. Marcelo Vitor você escreveu:   "aquilo que bem entende, deixando de cumprir os  MANDAMENTOS revelados pelo Espírito Santo (como o uso do véu)"
MEUS COMENTÁRIOS: bem, você acredita assim? É verdade? Então vejamos:
Você é casado? Tem filhas?
Está escolhendo marido para elas ou ensinando-as a permanecerem solteiras?
Porque Paulo, inspirado pelo Espírito Santo e como quer você... mandamentos do Senhor para toda a igreja...escreveu:
*"Mas, se alguém julga que trata indignamente a sua virgem, se tiver passado a flor da idade, e se for necessário, que faça o tal o que quiser; não peca; casem-se.
Todavia o que está firme em seu coração, não tendo necessidade, mas com poder sobre a sua própria vontade, se resolveu no seu coração guardar a sua virgem, faz bem."* (1 Coríntios 7:36,37)
Veja que a decisão de quem deveria a jovem deveria casar e quem deveria ser o seu esposo era uma decisão do pai, do chefe da família.
Pergunto: você está fazendo isso? É você quem decide isso na sua família?
E vamos ver o *"lava pés"* e aqui não é a "formiguinha" chamada Paulo quem não somente *"ordenou"*, mas disso deu exemplo. 
Foi o Senhor Jesus quem *"ordenou"* e deu exemplo:
*"E, acabada a ceia"* [...] *"Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se.
Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido."* 
[...] *"Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. "* (João 13:2a, 4, 15)
Pois é Ir. Marcelo Silva, pergunto: você está fazendo isso? Está na obediência?
Mais ainda: o Senhor Jesus ordenou praticar o dízimo: *"deveis fazer estas coisas, sem omitir aquelas"* (Mt. 23:23). 
Presta atenção: O que o Senhor mandou ""não omitir"" (deixar de fazer, praticar)? O dízimo! E você pratica o dízimo? Ou você se manifesta sempre contra o dízimo?
Vamos ver como os anciãos e cooperadores da Congregação e os demais pastores e bispos de outras denominações  andam viajando para levar a sua pregação:
O ensino do Senhor foi: *"Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos, Nem alforges para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordões; porque digno é o operário do seu alimento. E, em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela seja digno, e hospedai-vos aí, até que vos retireis."* (Mateus 10:9-11)
Você Ir. Marcelo Vitor, se fosse um ancião, bispo, pastor, presbítero ou um evangelista... como estaria procedendo?
Veja que Aquele que deu estas instruções não é a "formiguinha" chamada Paulo de Tarso.
Em suma:
As doutrinas bíblicas são expressas em várias partes e porções do Novo Testamento. Por exemplo: a doutrina da Trindade. Se o fundamento dela fosse apenas o que está expresso em Mateus 28:19, com certeza entre as igrejas sérias ela não existiria. Ela existe porque é expressa nas Escrituras em centenas de versos.
Não é o caso da ""doutrina do véu"" e do ""chapéu"" pois encontramos estas instruções em apenas 2 versos em toda a Bíblia.
Não devemos fazer doutrinas de versos contraditórios. A instrução que lemos em 1 Co 11:6 é contraditado no verso 15 que diz: *" [...] o cabelo foi dado em lugar do véu"*. Isso divide o corpo de Cristo.
A recomendação de Paulo é para não discutir e nem impor este assunto: *"Mas, se alguém quiser ser contencioso, nós não temos tal costume, nem as igrejas de Deus."* (1 Coríntios 11:16). Paulo considerou isso um assunto "irrelevante".
Mesmo porque há razões históricas para que as mulheres cobrissem a cabeça com véu na igreja de Corintho.
Por causa das prostitutas cultuais que rapavam a cabeça e estavam se convertendo e frequentando as reuniões.
avatar
Jahyr

Mensagens : 1285
Pontos : 2703
Data de inscrição : 10/07/2010
Idade : 77
Localização : São Paulo

http://ambotezai-jahyr.blogspot.com.br/2007/02/enfrentei-nas-com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum