NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Dezembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Calendário Calendário

Quem está conectado
11 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 11 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4318 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de paulo roberto

Os nossos membros postaram um total de 30312 mensagens em 13232 assuntos

Fé, que significa crer?

Ir em baixo

Fé, que significa crer?

Mensagem por Admin em 3rd Março 2018, 5:34 pm

[size=32]Fé, que significa crer?[/size]

[size=25]Fé, que significa crer?

Texto Básico: Romanos 10.9-13
Texto Devocional: Mateus 13.1-23
Versículo-chave: Romanos 10.9
“Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.”

Alvo da Lição: aluno entenderá o verdadeiro significado da fé no processo de conversão como recurso acessível para promover o relacionamento cotidiano e eterno entre Deus e o salvo.
Leia a Bíblia diariamente:
S – Rm 1.18-32
T – At 26.24-29
Q – Jo 1.1-12
Q – Gl 3.1-14
S – Jo 3.1-17
S – Jo 6.22-70
D – Ef 1.1-10

O Brasil é um país de multiforme cultura e religiosidade, onde se prega “fé como um assunto que não se discute”. Esse fato reforça a necessidade de repensarmos e discutirmos o valor da genuína fé salvadora, à luz da Bíblia. A doutrina da salvação bíblica não acomoda uma fé pluralista, cujas diferentes expressões populares, sofisticadas, intelectualizadas ou místicas, servem como diferentes maneiras de se falar a mesma coisa ou chegar ao mesmo fim.
A fé e o arrependimento desempenham papel de cooperação no processo de salvação. O arrependimento sem a fé não tem efeito, entretanto, a fé salvadora por si é suficiente. Fé em Cristo corresponde ao abandono do pecado, e abandono do pecado revela fé em Cristo. Ou seja, fé e arrependimento apontam para Cristo como Salvador e Senhor!
Abordaremos a verdadeira fé, trabalhando seu significado original, discorrendo sobre falácias e verdades, levantando suas evidências e definindo o que vem a ser crer em Cristo.

I. Fé e seu significado original

O conceito de fé no Antigo Testamento surge da raiz de alguns termos hebraicos que indicam “confiança digna, lealdade e fidelidade”, “confiante descanso numa pessoa, coisa ou testemunho”, “aceitação da veracidade de um testemunho”, ”entrega confiante”, “esperança em Deus quanto ao presente e futuro”.
No Novo Testamento, fé é altamente preeminente. O substantivo no grego (fé, fidelidade, confiança, lealdade) e o verbo cognato (crer, estar convencido, confiar, dar crédito) ocorrem ambos mais de 240 vezes, e o adjetivo (fiel, confiável, digno de confiança) ocorre 66 vezes. Sua aplicação mais comum é de crença ou convicção intelectual apoiada em testemunho (2Co 4.13; Fp 1.27) e completa confiança em Deus e em Cristo para redenção (Rm 3.22,25; Ef 2.Cool.
No Evangelho de João, o verbo crer ocorre quase 100 vezes, e seu uso mais forte focaliza a pessoa de Jesus Cristo, a partir do propósito do livro em João 20.30. Para João, a fé revela a atitude mediante a qual o homem abandona toda a confiança em seus próprios esforços para obter a salvação. A fé não consiste em aceitar meramente as coisas como sendo verdadeiras, mas confiar numa Pessoa, em Jesus Cristo.

II. Falácias sobre a fé bíblica

Há alguns conceitos distintos que precisamos registrar, pois não dizem respeito à fé salvadora.
1. Fé intelectual
É necessário que o homem tenha conhecimento sobre a pessoa e obra de Cristo: “como crerão naquele de quem nada ouviram?” (Rm 10.14). Mas conhecimento de fatos sobre Deus ou Cristo não é suficiente porque os pecadores têm conhecimento de Deus (Sl 19.1-4; Rm 1.18-21,32) e os próprios demônios têm conhecimento da pessoa e das obras de Deus (Tg 2.19).
2. Fé histórica
Concordar com ou aprovar determinados fatos também não basta. A fé salvadora vai muito além. Nicodemos parecia concordar com fatos sobre a identidade e missão de Jesus, porém, isso não lhe garantia a entrada no reino dos Céus ( Jo 3.1-3). O Rei Agripa acreditava nos profetas, mas não tinha a fé salvadora (At 26.26-28). A fé histórica resulta da tradição ou educação religiosa.
3. Fé miraculosa
Muita gente acreditou no poder de Jesus após a multiplicação dos pães e peixes, a ponto de desejarem torná-Lo seu rei ( Jo 6.14-15), porém, isso não isentou que Jesus identificasse sua incredulidade ( Jo 6.26,64). O interesse das pessoas dizia respeito somente àquilo que Ele poderia oferecer.
4. Fé temporal
Por ser passageira e momentânea essa fé “se baseia na vida emocional e busca a satisfação pessoal” (Louis Berkhof). A parábola do semeador ilustra muito bem a fé temporal que sucumbe às tribulações e provações da vida (Mt 13.20-22).
Aplicação
Tem fundamentado sua salvação ou vida cristã num destes tipos de fé? Por acaso algumas destas falácias têm contaminado sua “fé”?

III. Verdades sobre a fé bíblica

A partir da Bíblia, a fé salvadora é apresentada como confiança.
1.Confiança individual
A fé salvadora é apresentada em termos individuais ( Jo 3.16,36; 6.47; At 16.31; Rm 1.16; Gl 2.20). Seu modo de operação não se dá coletivamente, mas individualmente. Assim, como na experiência da vida cada pessoa “nasce e morre sozinha”, o mesmo acontece com a fé salvadora.
2. Confiança pessoal
A fé salvadora não é mística, imaginária, psicológica ou relativa; porém, real e pessoal (Rm 8.16), e atinge integralmente o âmago do ser.
a) Esfera intelectual: Reconhecimento real e positivo do evangelho;
b) Esfera emocional: Atração pela verdade e pessoa de Cristo;
c) Esfera volitiva: Apropriação da verdade e da pessoa de Cristo.
3. Confiança relacional
Por ser pessoal, a fé salvadora também se caracteriza como uma experiência relacional. Através da fé salvadora o pecador justificado entra na esfera de eterna comunhão e filiação com Deus: “a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus” ( Jo 1.12; ver também Jo 6.37; 7.37; 14.16, 23; Mt 11.28-30).

IV. As evidências da fé

A Bíblia ensina que a fé salvadora apresenta evidências internas e externas.
1. Internamente
Ministério do Espírito Santo, habitando cada salvo (Rm 8.9; 1Jo 4.13) e testificando o seu relacionamento com Deus (Rm 8.16; Gl 4.6).
2. Externamente
Sinais da nova vida refletindo a transformação em Cristo, a qual, entre outras evidências, manifesta:
a) Fome e obediência à palavra de Deus (Jo 5.4; 14.21; 1Pe 2.2-3)
b) Desejo de orar (Rm 12.12; Cl 4.2; 1Ts 5.17-18)
c) Amor pelo povo de Deus (Jo 13.34-35; Hb 10.24-25)
d) Abandono do pecado (Tt 2.11-12; 1Co 6.9-11; 1Pe 1.14-16)
e) Repúdio ao ocultismo e à idolatria (At 19.18-20; 1Ts 1.9)
f) Testemunho espontâneo do amor de Deus (At 1.8; 4.20; 1Pe 3.15)

V. O significado do crer em Jesus Cristo

O exclusivo objeto da fé salvadora é Jesus Cristo. Crer em Cristo implica não depender nem confiar mais na religiosidade, cerimonialismo, rituais, misticismo, boas obras, piedade, instituições religiosas, pessoas ou ética pessoal com vistas a algum merecimento eterno. Mas depender e confiar unicamente na graça de Deus estendida aos pecadores através da pessoa e obra de Cristo, o Filho de Deus ( Jo 20.31), que foi morto em lugar dos pecadores e ressuscitou ao terceiro dia (Rm 10.8-9; 1Co 15.3-4), e é o único meio de Deus para oferecer gratuitamente a salvação ( Jo 3.16, 6.47; 14.6; 2Co 5.17; Ef 2.8-10; 1Tm 2.5-6).
Aplicação
Posso afirmar que um dia, minha vida depositou fé em Cristo? Posso afirmar que, hoje, a minha fé em Cristo pode ser vista através da minha vida?

Conclusão

A fé em Cristo não apenas é a base de nossa salvação, mas a provisão para a vida cristã, santificação, crescimento e amadurecimento. Que você, como salvo, possa a cada dia reafirmar as palavras de Paulo: “já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim” (Gl 2.20)! Amém!
>> Autor da Lição: Pr. Emerson da Silva Pereira
>> Estudo publicado originalmente pela Editora Cristã Evangélica. Usado com permissão.http://ultimato.com.br/sites/estudos-biblicos/assunto/vida-crista/fe-que-significa-crer/[/size]

_________________
 Deus abençoei a todos !

Admin
Admin

Mensagens : 1075
Pontos : 2525
Data de inscrição : 24/05/2009

http://oulorivallan.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum