NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
Setembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Calendário Calendário

Quem está conectado
18 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 18 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4314 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de SALETE NASCIMENTO

Os nossos membros postaram um total de 30238 mensagens em 13158 assuntos

MATARAM MILHARES? SERÁ VERDADE?

Ir em baixo

MATARAM MILHARES? SERÁ VERDADE?

Mensagem por Jahyr Ferreira do Amaral em 5th Agosto 2018, 5:33 pm

Luiz Alberto Beto Araújo Bezerra escreveu: A CCB É DESTRUTIVA E RADICAL?
Eu tenho visto muitas críticas contra a CCB, dizem que é uma seita destrutiva e radical. De tanto ouvir isso terminei por acreditar. É certo que houve uma interpretação equivocada de muitos com relação à questão do pecado de morte. Muitos acreditavam e ensinavam que a pessoa que cometesse adultério depois de batismo, já estaria condenada, pois consideravam o adultério como um pecado de morte. Mas hoje não é mais assim. Os irmãos da dianteira da obra já esclareceram que não se pode considerar o adultério um pecado sem perdão.
MEUS COMENTÁRIOS: O grave problema moderno relacionado à depressão, com foco no sentimento religioso dos membros da Congregação Cristã no Brasil. Historicamente, as denominadas doenças do cérebro estiveram relacionadas a fatores espirituais, como o castigo por causa do pecado ou transgressão aos mandamentos divinos. Embora possua seu caráter terapêutico, o sentimento religioso vem sendo considerado como fator impeditivo para que os cristãos portadores de doenças mentais procurem tratamento terapêutico profissional. Dentro da teologia evangélica, determinados pecados, principalmente os de ordem sexual, são considerados como erros graves, passíveis de punição e castigo divino. O cristão, de maneira geral, vê-se em constante estado de tensão entre os desejos instintivos de seu corpo e os preceitos que regulam sua fé. Como agravante, a Congregação Cristã no Brasil tem defendido, ao longo de sua história, que os pecados de ordem sexual são delitos irreversíveis, considerados como “pecado de morte”. O membro desta denominação vive maior tensão, pois, caso cometa algum pecado dessa natureza, perde a condição de filho de Deus e de membro da igreja. Nesta condição, para o indivíduo que comete tal transgressão não resta mais esperanças, pois sua condição de pecador o coloca frontalmente em oposição a Deus, sem qualquer perspectiva de restabelecimento espiritual frente ao grupo. Assim, devemos procurar compreender as causas que levaram a Congregação Cristã no Brasil a adotar o que chama de “doutrina do pecado de morte” e sua relação inequívoca com os pecados de ordem sexual, bem como entender em que níveis essa doutrina pode influenciar os fatores que desencadeiam os quadros depressivos em seus membros.
A depressão tem sido considerada como o “mal do século”. Diante das dificuldades da vida, muitas pessoas vêem-se incapazes de enfrentar os problemas de forma equilibrada, buscando soluções racionais e efetivas para cada desafio que a vida apresenta. A perda de um ente querido, o fracasso profissional em um mundo tão competitivo, as dificuldades em lidar com os filhos ou com os pais idosos, desilusões amorosas e tantos outros problemas acabam por minar as energias do indivíduo. Assim, em muitos casos, as pessoas preferem atribuir suas dificuldades e fracassos a entidades ou forças que povoam outro plano, o mundo espiritual, ao invés de optarem pelo enfrentamento e resolução. Desde muito cedo a humanidade tem feito uma relação direta e inequívoca entre os problemas e a atuação de forças espirituais, seja na forma de ingerência maligna dos demônios, seja como respostas punitivas das divindades a ações consideradas como pecados. Na moralidade cristã existem categorias de pecados bastante definidas. Esses pecados, se cometidos, são passíveis de severa punição divina, já que Deus, embora misericordioso e compassivo, também é apresentado como o Grande Juiz. Dentre essas categorias, nenhuma é mais temida do que os pecados de natureza sexual. Manter relações sexuais fora do padrão estabelecido pela Bíblia fatalmente representará um grande agravo. Desta forma, o temor por parte daqueles que não cometeram esse tipo de pecado ou a tristeza por parte daqueles que o cometeram pode desencadear um angustiante processo de autopunição. Acrescentando-se as sanções eclesiásticas e a reprovação do grupo em que o indivíduo encontra-se envolvido, obtêm-se propícia condição para o desenvolvimento de doenças de ordem depressiva. A Congregação Cristã no Brasil é uma denominação considerada protestante. Porém, desde a sua origem, mantém particularidades em sua doutrina que a diferencia das demais igrejas protestantes. Dentre essas particularidades está a doutrina relacionada aos pecados de natureza sexual. O membro desta denominação tem consciência de que, caso cometa esse tipo de pecado, é impossível ter sua condição restaurada diante de Deus e do grupo, pois a Congregação Cristã no Brasil relaciona os pecados sexuais com o “pecado de morte”. Uma vez cometido o pecado de morte, mesmo que haja arrependimento por parte do pecador, este está excluído da comunhão com os irmãos e com Deus. Resta-lhe apenas o juízo final.
A doutrina do pecado de morte, da maneira como é concebida pela Congregação Cristã no Brasil, constitui fator de desenvolvimento da depressão e elemento agravante dos quadros depressivos entre os membros da denominação.
avatar
Jahyr Ferreira do Amaral

Mensagens : 53
Pontos : 159
Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 78
Localização : São Paulo SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum