NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Agosto 2019
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Quem está conectado
19 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 19 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4328 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Daniel191B

Os nossos membros postaram um total de 30378 mensagens em 13295 assuntos

Falando da CCb e meditando no proverbio português , qual é o melhor ??

Ir em baixo

Falando da CCb e meditando no proverbio português , qual é o melhor ?? Empty Falando da CCb e meditando no proverbio português , qual é o melhor ??

Mensagem por Lourival soldado cristão em 18th Setembro 2011, 1:57 pm

Irmãos em Cristo a paz do Senhor nosso Deus!!
Nos ultimos tempo depois de tantas denuncias e acusação em assuntos relacionados a CCB ,percebi que o meu estomago não é de avestruz ,pois haja estomago para ler noticias dessas e não ficar enjoado e enojado,


Ministério de Barueri esta usando o púlpito para perseguirem servos de Deus ai do Mutinga Barueri, nós ora representantes do Conselho dos Membros da Congregação Cristã no Brasil estamos nos mobilizando para congregar ai com vocês, o que consta é que vocês não tem moral para falar de ninguém. O irmão Elias

http://www.ccbrealidade.com/
É o que vemos nos blogs e sitie ,que falam desta mazelas dos religiosos da CCb veja o proverbio português


PROVÉRBIOS PORTUGUESES E BRASILEIROS
Indice Bibliografia M1 M2 M3 M4 M5
Página dos Provérbios
M1
Má cama faz a noite longa.
Má chaga sara, má fama mata.
Má companhia torna o bom mau, e o mau, pior.
Má é a árvore que só dá fruto a poder de trato.
Má erva depressa nasce e depressa envelhece.
Má erva mata a boa.
Má hora vá contigo.
Má notícia sempre vem a cavalo.
Má notícia voa.
Má pele não muda.
Má vizinha à porta é pior que lagarta na horta.
Má vizinha dá agulha sem linha.
Macaco consegue o que a onça não alcança.
Macaco gordo não pula em galho seco.
Macaco mexeu, quer chumbo.
Macaco não briga com o pau onde sobe.
Macaco não enjeita banana.
Macaco não enjeita coco.
Macaco não enxerga o seu rabo, mas enxerga o da cutia.
Macaco não olha para o próprio rabo.
Macaco não olha para o seu rabo.
Macaco, olha teu rabo!
Macaco, quando acha galho, trepa e balança.
Macaco, quando anda, nunca olha para o seu rabo.
Macaco, quando não pode comer banana, diz que está verde.
Macaco, quando não quer comer banana, diz que está verde.
Macaco, quando se coça, quer chumbo.
Macaco que muito mexa, merece chumbo.
Macaco que muito mexe, quer chumbo.
Macaco que muito pula, quer chumbo.
Macaco que sobe muito, mostra o rabo.
Macaco ri do rabo da cutia e não olha o seu.
Macaco senta no próprio rabo para falar do rabos dos outros.
Macaco só não fala porque tem preguiça de remar.
Macaco só vê o rabo da cutia.
Macaco velho, Manduca, não mete a mão em cumbuca.
Macaco velho não aprende arte nova.
Macaco velho não dá pulo em galho seco.
Macaco velho não mete a mão em cumbuca.
Macaco velho não mete a mão na cumbuca.
Macaco velho não põe a mão em cumbuca.
Macaco velho não põe pé em galho seco.
Macaco velho não se acostuma com coleira.
Macaco velho não trepa em galho seco.
Macaco velho não trepa em ramo seco.
Macaco vestido é sempre macaco.
Macacos me lambam.
Macacos me mordam.
Madeira verde faz fogueira alta.
Madrasta e enteada sempre andam a unhada.
Madrasta e enteada sempre andam em batalha.
Madrasta, nem de pasta.
Madrasta, o diabo arrasta.
Madrasta, o nome lhe basta.
Madrasta, só o nome basta.
Madrinha, fazei o topete e ulo o cabelo? (=onde está).
Madruga e verás.
Madruga e verás, trabalha e terás.
Mãe, a gente só tem uma.
Mãe acautelada, filha guardada.
Mãe aguçosa, filha preguiçosa.
Mãe, casai-me logo, que se me enruga o rosto.
Mãe cuidadosa, filha preguiçosa.
Mãe e filha vestem uma camisa.
Mãe e filhos, por dar e tomar são amigos.
Mãe não temeste, pai não tiveste, diabo te fizeste.
Mãe preguiçosa faz a filha opiniosa.
Mãe, que é casar? Filha, é fiar, parir e chorar.
Mãe velha e camisa rota não desonram.
Magalhães, esfola gatos, mata cães.
Mágoa é: vê-lo-ás e não o paparás.
Magreza não é beleza.
Magricela come sempre, come tudo, tudo, tudo.
Magro e mirrado, como prego na ponta.
Magro, mas sem coleira.
Maior a altura, maior a queda.
Maior bem-aventurança é dar que receber.
Maior do que o mundo, só coração de mãe.
Maior é o ano que o mês.
Maior é o perigo onde maior é o medo.
Maior ventura é obrar bem que deixar de fazer mal.
Mais abranda o dinheiro que palavras de cavaleiro.
Mais ajuda a igreja com orações do que cavaleiros com armas.
Mais alto é um campônio em pé que um fidalgo de joelhos.
Mais amargo que o amor é a mulher.
Mais amor, menos confiança.
Mais anda quem tem bom vento do que quem muito rema.
Mais apaga boa palavra que caldeira d'água.
Mais apertado que sardinha em lata.
Mais arde o fogo quando tem mais lenha.
Mais asinha se apanha um mentiroso que um coxo.
Mais asinha se pega o mentiroso que o coxo.
Mais atormenta o suspeitado que o sabido.
Mais barato é o comprado que o pedido.
Mais bota para fora de casa a mulher com uma agulha do que o homem para dentro com um gancho.
Mais caga um boi que cem andorinhas.
Mais caro é o dado que o comprado.
Mais chora quem faz mal do que quem faz bem.
Mais come o boi de uma lambida que a ovelha em todo o dia.
Mais come o boi de uma lambida que cem andorinhas.
Mais comem os olhos que a boca.
Mais consegue o salteador que o honrado rogador.
Mais corre a ventura que cavalo ou mula.
Mais cresce a árvore, mais sombra dá.
Mais criam dias que meses.
Mais cura a dieta que a lanceta.
Mais custa a mecha que o sebo.
Mais custa abrir a boca para pedir do que fechá-la para falar.
Mais custa mal fazer que bem fazer.
Mais custa mal fazer que bem obrar.
Mais custa o mal fazer que o bem fazer.
Mais custa o rogado que não o mercado.
Mais custa o rogado que o comprado.
Mais custa ser rico que riquíssimo.
Mais custa sustentar um vício que educar um filho.
Mais dá o cru que o nu.
Mais dana a língua do adulador que a espada do perseguidor.
Mais dana a língua do adulador que mão e espada do perseguidor.
Mais dana a língua do adulador que todas as armas do perseguidor.
Mais dano fazem amigos néscios do que inimigos descobertos.
Mais depressa morre um cordeiro que um carneiro.
Mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo.
Mais depressa se bebe um trago do que se conta uma história.
Mais depressa se pega um mentiroso do que um coxo.
Mais depressa vai o frade para ladrão do que o ladrão para frade.
Mais descobre uma hora de jogo que um ano de conversação.
Mais Deus tem para dar do que o diabo para carregar.
Mais devoção e menos coração.
Mais dias há que lingüiças.
Mais dura a memória das injúrias recebidas que dos benefícios.
Mais estreita quem mais tem.
Mais fácil é acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão.
Mais fácil é ao burro perguntar que ao sábio responder.
Mais fácil é repreender que imitar.
Mais faz a vista do amo que as suas mãos.
Mais faz diligência que dinheiro.
Mais faz quem quer do que quem pode.
Mais fazem os anos que os livros.
Mais fere a língua do adulador que a espada do perseguidor.
Mais fere a língua do adulador que todas as armas do perseguidor.
Mais fere a má palavra que a espada afiada.
Mais fere má palavra que espada afiada.
Mais ganha quem Deus ajuda do que quem muito madruga.
Mais gasto que proveito.
Mais guarda a vinha o medo que o vinhateiro.
Mais há na amarra que fazê-la e furá-la.
Mais há na mulher boa que ser casta.
Mais há quem suje a casa que quem a varra.
Mais homens se afogam no copo que no mar.
Mais honra à alma que à barba.
Mais honra há que a barba.
Mais irrita o falso prometer que o pronto recusar.
Mais lhe dói o alheio bem do que o mal que tem.
Mais lucra quem sabe calar do que quem sabe falar.
Mais mata a gula do que a espada.
Mais matou a ceia que curou Avicena.
Mais matou a ceia que sarou Avicena.
Mais moscas se apanham com mel do que com fel.
Mais mula e menos gualdrapa.
Mais nobre é pobreza honrada que nobreza aviltada.
Mais nobreza é ter para dar.
Mais obras e menos palavras.
Mais peixe, menos salsa.
Mais perde em amizades quem mais teima nas verdades.
Mais perdido que cachorro em dia de mudança.
Mais perdido que cego em tiroteiro.
Mais perto estão os dentes que os parentes.
Mais pode a amizade que a ousadia.
Mais pode Deus ajudar que velar e madrugar.
Mais pode Deus que o diabo.
Mais pode negar um asno que provar um filósofo.
Mais pode quem Deus ajuda que quem muito madruga.
Mais prejudicial é o amigo fingido que o inimigo descoberto.
Mais pró faz o ano que o campo bem lavrado.
Mais produz culta tapada que herdade mal amanhada.
Mais próximos estão dentes que parentes.
Mais puxa moça que cabrestante.
Mais puxa moça que corda.
Mais puxa moça que soga.
Mais puxa teta de moça que calabre de nau.
Mais puxa um fio de bondade do que cem juntas de bois.
Mais que uma valem duas seguranças.
Mais quer a ceia que toalha fresca.
Mais quer a ceia que toalha seca.
Mais quer o menino à mãe que o amima do que ao pai que o doutrina.
Mais quero asno que me leve que cavalo que me derrube.
Mais quero estar trabalhando que chorando.
Mais quero menino mamoso que formoso.
Mais quero o velho que me ame do que o moço que me assombre.
Mais quero para os meus dentes que para os meus parentes.
Mais quero pedir à minha peneira um pão apertado que à minha vizinha um emprestado.
Mais quero que me tenham inveja do que compaixão.
Mais quero quem me adoce do que quem faça com que chore.
Mais quero quem me adore do que quem faça com que chore.
Mais quero velho que me honre que moço que me assombre.
Mais realista que o rei.
Mais respeito, menos confiança.
Mais ricos são os que nada desejam que os que muito possuem.
Mais ricos são os que não desejam que os que muito possuem.
Mais sabe o diabo por ser velho que por ser diabo.
Mais sabe o louco no seu que o discreto no alheio.
Mais sabe o tolo no seu que o avisado no alheio.
Mais sabe o tolo no seu que o sisudo no alheio.
Mais sabes do que eu te ensinei.
Mais são as vozes que as nozes.
Mais são os ameaçados do que os acutilados.
Mais são os casos que as leis.
Mais se arrepende quem fala do que quem cala.
Mais se descobre numa hora de jogo que em muitas de conversa.
Mais se deve temer a língua do adulador que todas as armas do perseguidor.
Mais se ganha no paço às barretadas do que no campo às lançadas.
Mais se sabe por experiência que por aprender.
Mais se tira com amor que com dor.
Mais se toma o pulso ao haver que ao saber.
Mais sofrível é inimigo prudente que amigo impertinente.
Mais sujo que pau de galinheiro.
Mais tem Deus para dar que o diabo para levar.
Mais tem Deus para dar que o diabo para vender.
Mais tem Deus para me dar que o diabo para me tomar.
Mais tem o rico quando empobrece que o pobre quando enriquece.
Mais tiram tetas que calabre de nau.
Mais três dias na nossa habitação e sofrem decomposição.
Mais vale a água do céu que todo o regado.
Mais vale a árvore que suas flores.
Mais vale a fé que o pau da barca.
Mais vale a língua do mudo que a do mentiroso.
Mais vale a língua do mudo que a língua do mentiroso.
Mais vale a má estrada que um mau companheiro.
Mais vale a mecha que o sebo.
Mais vale a paciência que o saber.
Mais vale a prática que a gramática.
Mais vale a quem Deus ajuda do que quem muito madruga.
Mais vale a saúde que o dinheiro.
Mais vale a velha com dinheiro que moço com bom cabelo.
Mais vale a versão que o fato.
Mais vale acertar que escolher.
Mais vale adormecer sem ceia do que acordar com dívidas.
Mais vale agradecer com a verdade do que ofender com a lisonja.
Mais vale água do céu que todo o regado.
Mais vale ameaça de néscio que abraço de traidor.
Mais vale amigo na praça que dinheiro em caixa.
Mais vale amigo na praça que dinheiro na arca.
Mais vale amigo próximo que parente afastado.
Mais vale amigo que parente ou primo.
Mais vale andar neste mundo em muletas que no outro em carretas.
Mais vale andar só que mal acompanhado.
Mais vale ano tardio que vazio.
Mais vale aprender velho que morrer néscio.
Mais vale às vezes favor que justiça ou razão.
Mais vale assalto de mata que rogos de homens bons.
Mais vale astúcia que força.
Mais vale azenha parada que amigo moleiro.
Mais vale barriga cheia que barbas untadas.
Mais vale bem comer que bem vestir.
Mais vale bem de longe que mal de perto.
Mais vale bem de longe que mal de perto, sim tardio que não macio, e ter fome que fastio.
Mais vale "bem fiz eu" do que "por aqui fiquei".
Mais vale "bem fiz eu" do que "se eu soubera".
Mais vale boa esperança que ruim posse.
Mais vale boa fama que dourada cama.
Mais vale boa nomeada que cama dourada.
Mais vale boa palavra que ouro de boa lavra.
Mais vale boa queixa que mau pago.
Mais vale boa regra que boa renda.
Mais vale bom administrador que bom trabalhador.
Mais vale bom amigo que parente ou primo.
Mais vale bom conselho que fortuna.
Mais vale bom estômago que bom cozinheiro.
Mais vale bom folgar que mal trabalhar.
Mais vale bom girador que bom trabalhador.
Mais vale bom governo que boa renda.
Mais vale bom guardador que bom ganhador.
Mais vale bom vagar que má pressa.
Mais vale bom vizinho que parentesco.
Mais vale burro vivo que doutor morto.
Mais vale burro vivo que sábio morto.
Mais vale cair em graça que ser engraçado.
Mais vale calar que falar.
Mais vale calar que mal falar.
Mais vale cão vivo que leão morto.
Mais vale casar que abrasar.
Mais vale casar sem dentes que sem cabelo.
Mais vale cautela que arrependimento.
Mais vale cavar com a língua que com a enxada.
Mais vale cedo que tarde, e tarde que nunca.
Mais vale chegar atrasado neste mundo do que adiantado no outro.
Mais vale comer na rua que morrer de fome em casa.
Mais vale comer palha que comer nada.
Mais vale comprar a rir que comer a chorar.
Mais vale crédito na praça do que dinheiro em caixa.
Mais vale crédito na praça que dinheiro na arca.
Mais vale de roda ir que no charco cair.
Mais vale deitar-se sem ceia que levantar-se com dívidas.
Mais vale deixar a maus que pedir a bons.
Mais vale deixar a ricos que pedir a pobres.
Mais vale deixar na morte ao inimigo do que pedir na vida ao amigo.
Mais vale descoser que romper.
Mais vale "din" de moeda que dom sem renda.
Mais vale dívida velha que tinha nova.
Mais vale dizer "bem fiz eu" do que "por aqui fiquei".
Mais vale dizer "bem fiz eu" do que "por aqui passei".
Mais vale dizer "bem fiz eu" do que "se eu soubera".
Mais vale dobrar que quebrar.
Mais vale duro que nenhum.
Mais vale emigrar que pregar.
Mais vale empregar a brandura que a violência.
Mais vale engenho que força.
Mais vale esperança boa que ruim posse.
Mais vale estar ao pé dum maninho que dum bom vizinho.
Mais vale estrada velha que vereda nova.
Mais vale estragar sapatos que lençóis.
Mais vale exemplo que doutrina.
Mais vale experiência que ciência.
Mais vale fazer-se desejar que ser importuno.
Mais vale ficar solteiro que casar sem ter dinheiro.
Mais vale fidalgo morto que vilão vivo.
Mais vale filha mal casada que bem amancebada.
Mais vale fome que fastio.
Mais vale fugir que morrer.


Fonte http://www.hkocher.info/minha_pagina/port/port_m01.htmhttp://www.hkocher.info/minha_pagina/port/port_m01.htm
Lourival soldado cristão
Lourival soldado cristão

Mensagens : 11237
Pontos : 24849
Data de inscrição : 23/12/2009
Idade : 61
Localização : Sao paulo

http://ccbsemcensurasnaspeg.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum