NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Maio 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

Quem está conectado
38 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 38 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4309 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de RUBENS GOMES DA SILVA

Os nossos membros postaram um total de 30176 mensagens em 13098 assuntos

Reflexão do ancião Joel Spina - A Obra de Deus e as denominações

Ir em baixo

Reflexão do ancião Joel Spina - A Obra de Deus e as denominações

Mensagem por Admin em 15th Fevereiro 2011, 9:01 am

Mario escreveu:
Disponível em: http://freeministry.googlepages.com/aobradedeusedenominacoes

Obra de Deus

Deus enviou seu único Filho para trazer salvação ao mundo. Até então, a nação de Deus - Israel – O serviu através da Lei e de seus componentes: mandamentos, sacrifícios e tradições.
O Senhor Jesus veio ao mundo para transformar a obra de Deus, de um fundamento baseado na Lei e suas tradições – limitada a determinada nação - a uma obra de fé, salvação e graça – aberta a todos os que crem. Essa obra é realizada nos corações e vidas das pessoas. A Obra de Deus - de acordo com o Novo Testamento - existe e habita nas almas dos seres humanos, e não em organizações ou edifícios.
Podemos verificar que ainda que o Senhor Jesus atendeu e pregou no templo, Êle apresentou os seus ensinamentos e executou a maioria de suas obras fora do Templo. Quando da sua visita à Jerusalem, Êle anunciou que o templo seria destruido e um novo templo seria reconstruido em tres dias, referindo-se a si mesmo, e à obra da resurreição. Êle òbviamente estava relegando o caráter físico e organizacional do templo a um nível inferior, e estabelecendo a Obra de Deus pelo espírito.
Denominações

Por outro lado, "uma denominação, no sentido cristão do termo, é uma organização religiosa que funciona com um nome, uma estrutura e (ou) uma doutrina comuns" (wikipedia.com).
A partir do momento em que um grupo de pessoas se ajunta e forma uma denominação, essa nova entidade estará indubitavelmente sujeita à vaidades, orgulhos, ambições, nepotismos, superstições, e outras fraquezas típicas da natureza humana.
O exemplo mais flagrante desse fenômemo é o caso da denominação que se iniciou com o testemunho dos apóstolos Paulo e Pedro em Roma. Eles anunciaram a salvação por Jesus Cristo, e muitos daquela cidade creram e foram salvos. Êsse grupo de crentes eventualmente formou a denominação que conhecemos como a Igreja Católica Romana. Consideramos desnecessário descrever aqui o desenvolvimento e direcionamento dessa denominação através dos séculos.
Foi êsse um movimento de Deus? Inegàvelmente o foi, pois iniciou-se com o testemunho de dois apóstolos do Senhor. Por que permitiria o Senhor que um grupo de cristãos que se iniciou com o testemunho apresentado por Paulo e Pedro, se transformasse em uma organização que se desviou tão dramàticamente do exemplo deixado por Jesus Cristo? Porque Deus honra o desejo dos homens, seja ele certo ou errado (ver I Samuel8)
A idéia de que uma denominação - seja ela iniciada por Paulo, Pedro, Lutero, Moody ou Francescon - representa exclusivamente a Obra de Deus na terra é simplesmente absurda. A Obra de Deus por Jesus Cristo é manifestada nos corações e vidas das pessoas, independentemente da denominação a qual pertença (ou não).
http://ccbsemcensuras.forumeiros.com/t178-reflexao-do-anciao-joel-spina-a-obra-de-deus-e-as-denominacoes#top

Admin
Admin

Mensagens : 1070
Pontos : 2512
Data de inscrição : 24/05/2009

http://oulorivallan.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexão do ancião Joel Spina - A Obra de Deus e as denominações

Mensagem por Paulino em 18th Fevereiro 2011, 7:48 am

Fico muito contente com a mensagem do irmão Joel Espina, não temos o que tirar ou acressentar nada. o Templo e a morada do Espirito Santo é o Coração Sencero. Todas Denominações Religiosa e Organização Humana, Deus opera seus Milagres e Maravilha com aquele que nele Crer de Verdade. Ele é o caminho a Verdade e a Vida Ninguem vai ao Pai, a não ser por Ele, onde Estiver adoradores sincero, dois ou tres ele esta no meio de nos. Que bom, todos os Cristão tivesse esta Luz, seriamos um Povo que preiteia o reino dos Ceus, e não partidos politicos buscando e debatendo a Gloria para si proprio ou sua Instituição, que não passa de uma Construção impresarial com dogmas e preconceitos humanos.

_________________
Paulino


Paulino

Mensagens : 2116
Pontos : 5854
Data de inscrição : 25/08/2010
Idade : 64
Localização : Mauá da Serra Estado do Paraná

http://www.ccapocalipse.webnode.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexão do ancião Joel Spina - A Obra de Deus e as denominações

Mensagem por Lourival soldado cristão em 19th Outubro 2013, 4:38 pm

Admin escreveu:
Mario escreveu:
Disponível em: http://freeministry.googlepages.com/aobradedeusedenominacoes

Obra de Deus

Deus enviou seu único Filho para trazer salvação ao mundo. Até então, a nação de Deus - Israel – O serviu através da Lei e de seus componentes: mandamentos, sacrifícios e tradições.
O Senhor Jesus veio ao mundo para transformar a obra de Deus, de um fundamento baseado na Lei e suas tradições – limitada a determinada nação - a uma obra de fé, salvação e graça – aberta a todos os que crem. Essa obra é realizada nos corações e vidas das pessoas. A Obra de Deus - de acordo com o Novo Testamento - existe e habita nas almas dos seres humanos, e não em organizações ou edifícios.
Podemos verificar que ainda que o Senhor Jesus atendeu e pregou no templo, Êle apresentou os seus ensinamentos e executou a maioria de suas obras fora do Templo. Quando da sua visita à Jerusalem, Êle anunciou que o templo seria destruido e um novo templo seria reconstruido em tres dias, referindo-se a si mesmo, e à obra da resurreição. Êle òbviamente estava relegando o caráter físico e organizacional do templo a um nível inferior, e estabelecendo a Obra de Deus pelo espírito.
Denominações

Por outro lado, "uma denominação, no sentido cristão do termo, é uma organização religiosa que funciona com um nome, uma estrutura e (ou) uma doutrina comuns" (wikipedia.com).
A partir do momento em que um grupo de pessoas se ajunta e forma uma denominação, essa nova entidade estará indubitavelmente sujeita à vaidades, orgulhos, ambições, nepotismos, superstições, e outras fraquezas típicas da natureza humana.
O exemplo mais flagrante desse fenômemo é o caso da denominação que se iniciou com o testemunho dos apóstolos Paulo e Pedro em Roma. Eles anunciaram a salvação por Jesus Cristo, e muitos daquela cidade creram e foram salvos. Êsse grupo de crentes eventualmente formou a denominação que conhecemos como a Igreja Católica Romana. Consideramos desnecessário descrever aqui o desenvolvimento e direcionamento dessa denominação através dos séculos.
Foi êsse um movimento de Deus? Inegàvelmente o foi, pois iniciou-se com o testemunho de dois apóstolos do Senhor. Por que permitiria o Senhor que um grupo de cristãos que se iniciou com o testemunho apresentado por Paulo e Pedro, se transformasse em uma organização que se desviou tão dramàticamente do exemplo deixado por Jesus Cristo? Porque Deus honra o desejo dos homens, seja ele certo ou errado (ver I Samuel8)
A idéia de que uma denominação - seja ela iniciada por Paulo, Pedro, Lutero, Moody ou Francescon - representa exclusivamente a Obra de Deus na terra é simplesmente absurda. A Obra de Deus por Jesus Cristo é manifestada nos corações e vidas das pessoas, independentemente da denominação a qual pertença (ou não).
http://ccbsemcensuras.forumeiros.com/t178-reflexao-do-anciao-joel-spina-a-obra-de-deus-e-as-denominacoes#top

Pois é irmãos estou ressuscitando este tópico do trabalho deste irmão que renunciou a CCB ,que tal os irmãos opinarem sobre a obra de Deus e denominação aqui descritas ?
avatar
Lourival soldado cristão

Mensagens : 11180
Pontos : 24680
Data de inscrição : 23/12/2009
Idade : 60
Localização : Sao paulo

http://ccbsemcensurasnaspeg.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reflexão do ancião Joel Spina - A Obra de Deus e as denominações

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum