NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Fevereiro 2020
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829 

Calendário Calendário

Quem está conectado
12 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 12 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4333 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Glaucia Rios

Os nossos membros postaram um total de 30404 mensagens em 13322 assuntos

O luxo e a crueldade sanguinária de Madame Delphine LaLaurie

Ir em baixo

O luxo e a crueldade sanguinária de Madame Delphine LaLaurie Empty O luxo e a crueldade sanguinária de Madame Delphine LaLaurie

Mensagem por Lourival soldado cristão em 27th Março 2015, 7:25 pm

O luxo e a crueldade sanguinária de Madame Delphine LaLaurie





Quem via Madame Delphine LaLaurie frequentar as altas rodas a sociedade de Nova Orleans, nos Estados Unidos, nunca imaginou o que se escondia por trás de sua personalidade macabra. A socialite está entre as mulheres com perfil de serial killer com mais alto potencial no mundo. Ela ostentava uma vida cheia de luxo entre a elite da época, mas nos bastidores matou e torturou uma quantidade incontável de escravos e se não fosse um pequeno desastre em sua casa, isso nunca teria sido descoberto.
Em 2013, a terceira temporada da série American Horror Story contou uma parte e sua história e, a partir de então, seu nome voltou para sites que tratavam do assunto. Todo mundo ficou curioso em saber que as duas personagens mais perversas da série tinham de fato existido. Se você também ficou curioso através de American Horror Story ou nunca ouviu falar, mas agora quer saber mais sobre Madame Delphine LaLaurie, veja um pouco da sua história logo abaixo.

Madame Delphine LaLaurie – a vida na sociedade de Nova Orleans

O luxo e a crueldade sanguinária de Madame Delphine LaLaurie Tumblr_mtu659LfLB1s7549ko3_5001Atriz que reproduziu o caso. Ninguém acreditaria que ela seria um monstro
Marie Delphine LaLaurie nasceu em Nova Orleans e foi por aqui que passou sua vida. Ela chegou a se casar 3 vezes e teve 4 filhas em todos esses casamentos. Sempre vivendo no luxo, até o ano de 1834, Madame Delphine LaLaurie, como era chamava, frequentava os meios mais importantes do estado e mantinha um relacionamento amistoso somente com celebridades, políticos e outras socialites.
Na época, todos os eventos organizados em sua mansão era motivo de disputa por convites e acesso. A famosa casa fica na Av Royal Street e Madame Delphine LaLaurie adquiriu de um médico endividado. Transformou o local em um verdadeiro castelo e ganhou ainda mais notoriedade na cidade. O noivado de uma de suas filhas, que aconteceu no ano de 1832, foi considerado o mais importante de Nova Orleans por um ano inteiro.

Compra de escravos e acusações de maus tratos

O luxo e a crueldade sanguinária de Madame Delphine LaLaurie Madame-Delpjine-LaLaurie1Madame Delphine Lalaurie, de personalidade macabra
Durante todos os anos 1800, era bem comum que famílias mais ricas dos Estados Unidos mantivessem escravos negros para dar suporte em suas casas. A maioria tinha uma pequena comunidade destes e, em muitos casos, emancipavam os negros após um tempo. Com a família de Madame Delphine LaLaurie não foi diferente.
Em todos os eventos sociais ela se demonstrava uma patroa sempre muito educada com seus serviçais e os tratava como sendo da própria família. A madame ainda chegou a realizar eventos contra maus tratos de negros e também se mostrava desgostosa com a separação racial que era aparente nas sociedades por esses anos.
As primeiras denúncias de maus tratos aos negros surgiram em 1832. Mesmo Madame Delphine LaLaurie sendo solícita com a saúde de seus escravos, autoridades a questionavam sobre os mesmos aparentarem sempre muito magros e não tão bem vestidos em dias convencionais. A socialite chegou a construir um andar inteiro em sua casa para servir como alojamento de seus empregados e o mesmo era superficialmente bem cuidado e limpo.
Mesmo com as denúncias não oficializadas, alguns amigos de Madame Delphine LaLaurie afirmavam que seus escravos sempre pediam socorro e confessavam que eram torturados. Ao apontar o serviçal, percebia-se que ele sumia da mansão. Por algumas vezes a polícia de Nova Orleans visitou a mansão LaLaurie e a notícia que recebeu foi que o escravo tinha sido enviado para outra família.

Incêndio e corpos mutilados

Até abril de 1834, mesmo com as denúncias acerca de maus tratos, Madame Delphine LaLaurie não tinha sido condenada por falta de provas concretas. Foi justamente quando um incêndio fez com que a socialite caísse no desgosto social e se transformasse em um verdadeiro monstro em todo o estado de Louisiana e, posteriormente, no mundo.
A cozinha da mansão começou a pegar fogo e os bombeiros locais foram chamados para controlar o fogo. Ao entrarem no lugar encontraram uma cozinheira e sua ajudante acorrentadas ao pé do forno. A chefe da cozinha tinha 70 anos e contou que Madame Delphine LaLaurie as tinha prendido por acusar de comer alimentos escondido. Como a socialite não se encontrava em casa, as duas negras começaram o incêndio de forma proposital, pois tinham medo da punição que viria.
Com a ajuda da população, o corpo de bombeiros chegou ao terceiro andar onde ficava o alojamento dos escravos e encontrou a sala trancada. Com receio de todos morrerem no incêndio, o quarto foi arrombado e para o susto de toda a cidade, o que se encontrou ali era a transtornador.
Corpos de empregados da Madame Delphine LaLaurie, completamente mutilados e alguns presos, destinados para o mesmo tipo de crueldade. Segundo os jornais da época, muitos não tinham pele, dedos ou braços inteiros cortados. Era uma verdadeira câmara de horror instalada em uma mansão que visivelmente era pacata.
A mansão foi destruída por pedras jogadas pela população revoltosa e Madame Delphine LaLaurie fugiu mudando de nome e cidade. Não se sabe o paradeiro certo da socialite até hoje e como ela morreu. As histórias de torturas podem ser vistas em diversos documentários e também na série American Horror Story!
Compartilhe


  • http://superobscuro.com/2015/03/a-crueldade-sanguinaria-de-madame-delphine-lalaurie/

_________________
Lourival soldado cristão
Lourival soldado cristão

Mensagens : 11244
Pontos : 24878
Data de inscrição : 23/12/2009
Idade : 62
Localização : Sao paulo

http://ccbsemcensurasnaspeg.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum