NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Agosto 2019
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Quem está conectado
21 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 21 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 473 em 30th Agosto 2014, 11:05 pm
Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de <a href="http://oulorivallan.forumeiros.com/">nas pegadas do mestre JESUS</a> em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de NAS PEGADAS DO MESTRE JESUS em seu site de social bookmarking

Conectar-se

Esqueci minha senha

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Votação
Estatísticas
Temos 4328 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Daniel191B

Os nossos membros postaram um total de 30378 mensagens em 13295 assuntos

O CRENTE FARISEU E O CRENTE PÚBLICANO

Ir em baixo

O CRENTE FARISEU E O CRENTE PÚBLICANO Empty O CRENTE FARISEU E O CRENTE PÚBLICANO

Mensagem por Marcia em 8th Dezembro 2011, 11:21 am

O CRENTE FARISEU E O CRENTE PÚBLICANO FARISEU_E_PUBLICANO

Dificilmente Jesus seria membro de alguma denominação.

Para os padrões da época, Jesus era um pregador que trazia novidades para dentro da comunidade religiosa. Era frequentemente visto comendo com publicanos ( funcionários públicos ) que eram amaldiçoados pelos judeus pelo fato de serem encarregados, pelo império romano, de coletar tributos ao imperador. Era possível encontrá-lo caminhando com pessoas consideradas simples, pescadores, sem instrução alguma. Ora, chegaram até vê-lo conversando com uma prostituta!, sem mencionar que desrespeitava com freqüência a guarda do sábado, realizando curas, colhendo espigas com seus discípulos, não lavando as mãos para comer, nem eram chegados a fazer jejum, pelo contrário, gostavam de uma festinha badalada, onde em seu primeiro milagre transformou água em vinho, e dos bons! alegrando o métri da festa e, muito mais, seus convidados, ia também a jantares de pessoas não muito queridas pela sociedade, como o baixinho Zaqueu.

Dirigindo-se aos mestres religiosos, não poupava adjetivos, e hora ou outra, chamava-os de raça de víboras e de hipócritas. Mas não é só isso, Jesus, segundo o contexto cultural da época, usava cabelos longos e barba. costume que não é aceito em muitas denominações, principalmente pelas pentecostais clássicas.

Para facilitar o entendimento, ou não, dos que os seguiam, em seus discursos era freqüente a utilização de parábolas, comparações em que evidenciava o seu ensino.

Gosto de todas, mas há uma que não me canso de ler, nem de ouvir. Trata-se da narração de dois homens que foram ao templo para orar. O fariseu, com suas roupas, com sua indumentária, com todo o estilo que um fariseu poderia ter, de pé orava, e se exaltava de tudo que fazia, e ainda condenava, o publicano, aquele considerado maldito por ser o funcionário da fazenda romana que, lá no fundo de joelhos, confessava sua insignificância, e implorava ao Criador piedade.

Jesus deixou claro que, quem saiu justificado foi o publicano e não o fariseu.

Mas como seria esta parábola hoje, fico imaginado e acredito que seria assim:

Havia dois crentes (poucos importa se homem ou mulher ) na igreja para o culto, um sentado lá na frente, se considerava mais crente que os outros, trajava um terno importado, sapatos lustrosos, todo requintado, ou uma mulher, com uma baita saia, com cabelos longos despontados, se mantinha ao natural, sem demonstrar nenhum tipo vaidade mundana, pinturas, jóias, etc., davam gordas contribuições, se sentiam mais que todos por isso e pela pose que tinham, com aparência piedosa, esnobavam todos que não eram iguais a eles, se encontravam alguma irmã de cabelo cortado/pintado desfazia, condenava, andava com uma fita métrica 'espiritual' no bolso para medir as saias das irmãzinhas, gostavam de saber destalhes da vida de cada um, inclusive íntima, somente para poder emitir opiniões condenatórias. Se considevam acima de todos pelo fato de estarem condicionados a um padrão de vida, considerado de cristão, onde, ao contrário do que diz a palavra,

consideravam mais importante o exterior que o interior. Acreditam sua aparência será ponto fundamental em sua salvação.

Lá trás, no banco da misericórdia, sentava o outro crente, este considerado pecador, alguém que por não agüentar a tentação, fornicou com a namorada, ou uma moça, que querendo andar na moda, pinta seus cabelos, usa roupas da moda, vive a plenitude de sua juventude, realçando sua beleza com pinturas e jóias. Sentem-se desprezados pelos que sentam lá frente, amigos do pastor, com pinta de crentão. Mas no íntimo do coração, oram por todos, dão ofertas do que podem com o coração, não julgam, nem os mais fracos que eles, nem os mais fortes. Imploram misericórdia ao Criador e crêem que somente a fé em Jesus poderá salvá-los.

Dado ao comportamento de Jesus, em nossas igrejas ele teria que sentar lá nos últimos bancos.


E você sentaria onde?

Artigo:Blog do Daniel

Marcia

Mensagens : 1321
Pontos : 2772
Data de inscrição : 01/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

O CRENTE FARISEU E O CRENTE PÚBLICANO Empty Re: O CRENTE FARISEU E O CRENTE PÚBLICANO

Mensagem por BRASIL2011 em 8th Dezembro 2011, 12:14 pm

é o que mais vimos nas igrejas, o tal crente fariseu sempre vimos nos testemunhos irmãos dizer, DEUS me tem abençoado eu dei umas cestas básicas para irmão tal que estava necessitando, outro diz que quando foi horar DEUS falou com ele, e mostrou vários lugares que ele deveria ir agora também vimos muitos crentes publicanos dizer, senhor me prepara um emprego, supre minha necessidade, perdoa meus pecados é irmã márcia esse trópico veio a calhar esse é nosso dia a dia na graça de DEUS
BRASIL2011
BRASIL2011

Mensagens : 941
Pontos : 1513
Data de inscrição : 23/05/2011
Idade : 62
Localização : jardim nazaré sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum